Beleza Masculina

Tratamento para calvície: conheçam os tipos existentes

Olá, tudo bem com vocês? Eu sou Marco Macei, sejam muito bem-vindos ao meu blog. No post de beleza masculina de hoje, eu resolvi trazer como tema os tipos de tratamento para calvície existentes.

Pesquisas recentes mostraram que mesmo os menos vaidosos se preocupam com a queda dos fios de cabelo. Para alguns homens, a possibilidade de ficar calvo pode ser algo terrível e desesperador, sei por experiência própria.

Blog de moda, beleza e estilo masculino

Antes de vermos os tratamentos abaixo, gostaria de salientar a viabilidade em adotar vários deles ao mesmo tempo, pois a associação traz maiores e melhores resultados. Sem mais, bora conferir tudo?

Medicamento oral

Podemos afirmar que o tratamento com remédios via oral está entre os mais eficientes atualmente, porém causa muitos efeitos colaterais ou reações indesejadas nas pessoas, como perda da libido, por exemplo.

Aqui, o destaque vai para a Finasterida. Ela age bloqueando a ação do DHT (di-hidrotestosterona) sobre o bulbo capilar. Este hormônio, falando de forma bem simples, vai “matando” os folículos capilares até não nascer mais nada. A finasterida evita que ele enfraqueça e cause a queda dos cabelos.

Finasterida 1mg para alopecia androgenética

Muitos afirmam que ela só serve para cessar a queda, mas se perda for recente, a chance de os fios voltarem a crescer é grande, afinal, foi o que aconteceu comigo e já contei aqui no blog (link na indicação de leitura abaixo).

Recomendada para fortalecer e estimular o crescimento dos pelos, incluindo a barba, a biotina, ou vitamina B7, atua na formação da pele, das unhas e do cabelo, por isso é outra substância indicada.

As vantagens da terapia por via oral se deve a ausência de dor, menor custo e a baixa demanda de tempo, uma vez que, tomar um comprimido leva poucos segundos. A desvantagem é lembrar de fazer isto todos os dias e o tempo de tratamento que pode durar anos.

Medicamento tópico

Os medicamentos de uso tópico, aqueles aplicados diretamente na área a ser tratada, são amplamente empregados quando se fala em alopecia androgenética, a calvície. Eles causam poucos efeitos adversos e são mais seguros que os outros existentes, todavia, o custo é um pouco elevado, se comparado aos orais.

Bastante difundido nesta categoria, o Minoxidil serve tanto para crescer cabelo quanto barba. Ele age estimulando a vascularização do couro cabeludo colaborando para o crescimento dos fios. Diferentemente da Finasterida, ele não interrompe a queda.

Minoxidil para tratar a alopecia androgenética

O shampoo de cetoconazol, além de combater os fungos causadores da caspa e da dermatite seborreica, limpa profundamente a cabeça removendo todo o excesso de sebo, rico em DHT.

E o alfa estradiol, outra substância largamente prescrita no tratamento da calvície, é uma solução capilar usada com o intuito de prolongar a fase anágena, conhecida como a fase de crescimento dos pelos.

Microagulhamento

O microagulhamento, técnica alemã inventada na década de 90, consiste em criar várias lesões na face ou no couro cabeludo com a finalidade de se obter um resultado estético. No caso da pele, ele minimiza manchas, cicatrizes e rugas, bem como estimula a produção de colágeno que dá a ela uma aparência mais jovem.

Microagulhamento para calvície
Microagulhamento para tratar a calvície

Já para os cabelos, as microlesões vão agir aumentando a circulação sanguínea e, consequentemente, promover o crescimento dos fios. É comum a aplicação do Minoxidil logo após a sessão de microagulhamento para se obter melhores resultados.

Feito semanal ou mensalmente, neste tipo de tratamento é usado o famoso Dermaroller de 0,25mm ou 0,5mm. A desvantagem fica por conta da dor causada ao furar a pele e como vantagem, temos o preço acessível do aparelho, que custa por volta dos 40 reais.

Transplante

Considerado o último recurso na recuperação dos fios de cabelo e indicado para os casos de calvície avançada, o transplante capilar consiste em transplantar os folículos pilosos retirados da nuca e da lateral da cabeça do próprio paciente e colocar na área afetada.

Como tratar a calvície
Tratamento para calvície: transplante capilar

A desvantagem deste tratamento é seu alto custo. Pelo que andei pesquisando na internet, os valores variam entre 12 mil a 30 mil reais podendo ser ainda maior.

Devido a isto, muitos homens viajam até a Turquia, pois lá pode-se fazer o procedimento por volta dos 8 mil já incluindo a passagem aérea e a hospedagem do hotel. Há empresas aqui no Brasil que fazem toda a negociação com os médicos turcos.

Por outro lado, o transplante é visto como o melhor recurso terapêutico para reverter a perda de cabelo dentre todos os tratamentos citados no texto.


INDICAÇÃO DE LEITURA:

FINASTERIDA: RESULTADO DE 3 MESES TOMANDO

FOLICULITE NA BARBA: COMO EVITAR

O SHAMPOO ADVANCE TECHNIQUES ANTIQUEDA É BOM?


Espero que vocês tenham gostado do post de hoje. Compartilhem nas redes sociais e contem aí nos comentários se vocês fazem ou já fizeram algum tratamento para calvície.

Sigam as redes sociais do blog clicando nos ícones do lado direito do site. Um abraço a todos e até a próxima!