Moda Masculina

SPFW N47: Veja o que rolou de moda masculina

Olá, tudo bem com vocês? Eu sou Marco Macei, sejam muito bem-vindos ao meu blog. Hoje nós vamos conferir um pouco do que rolou de moda masculina na última edição da São Paulo Fashion Week, a SPFW N47.

O maior evento de moda do país, que começou dia 22 de abril com o desfile de Reinaldo Lourenço e acabou no dia 27 com o Projeto Ponto Firme na passarela, foi marcado por muita criatividade, protesto e tristeza.

Antes de vermos as tendências de moda masculina, não poderia deixar de citar a morte do modelo Tales Cotta, que teve um mal súbito durante o desfile da Ocksa, na tarde do dia 27 de abril, último dia da SPFW N47. Meus sentimentos a todos familiares e amigos do modelo.

1 – João Pimenta

João Pimenta coleção 2019

Vamos começar por um dos desfiles mais criativos desta edição de 2019. Contando com peças mais conceituais, o estilista João Pimenta trouxe para sua coleção o protesto contra a tortura e a censura criticando os governos totalitários que querem calar seus cidadãos.

O militarismo deu o tom do desfile, por isso, o maior destaque ficou por conta da estampa militar camuflada e o verde militar. A propósito, falando de estampas, vários tipos de xadrez também apareceram, como o Pied de Poule e o Tartan, que eu gostei muito.

Techwear de João Pimenta na SPFW

Caracterizado por tiras e bolsos quadrados externos, o Techwear está ligado ao militarismo e vem demonstrando ser uma forte tendência streetwear desde o ano passado. Aqui em nosso país, o estilo é pouco conhecido, mas várias marcas demonstraram interesse nele, vale a pena pesquisar mais sobre o assunto.

A estampa com listras verticais, bem como os florais em rendas ou em bordados, também teve seu espaço neste desfile. Ele ainda trouxe casacos volumosos com brocados (bordados feitos em prata ou ouro), alfaiataria, casacos longos, coturnos, calça Jogger, jaqueta Bomber, jaqueta Puffer e muito mais.

2 – Ronaldo Fraga

Coleção Ronaldo Fraga SPFW N47 2019

Inspirado nos painéis Guerra e Paz (1956) do grande pintor Cândido Portinari, o estilista Ronaldo Fraga, assim como o João Pimenta, buscou, através da moda, fazer um protesto contra o belicismo e a morte de minorias lembrando, inclusive, a trágica morte da vereadora Marielle Franco.

Seu desfile da SPFW N47 foi marcado por bordados e capacetes militares, que em poucos segundos “gritavam” muita coisa, como a caça criminosa de animas em extinção, e nos faz refletir sobre os rumos do nosso país, além de mostrar o desprezo do atual governo em relação às ciências humanas, como a filosofia, a mãe de todas as ciências.

Blog de moda masculina Mogi das Cruzes

Para traduzir seu pensamento em moda, ele usou a técnica de patchwork (peças em retalhos) e estampas imitando as cores e as formas dos painéis de Portinari com destaque para os tons de azul.

A coleção do Ronaldo também teve inspiração no militarismo e, como tal, não poderia deixar de fora o verde militar e a estampa camuflada. Outros elementos presentes foram os tons terrosos, tecidos leves e os excelentes bordados já citados.

3 – Projeto Estufa – Mipinta

São Paulo Fashion Week N47 2019 Mipinta

Saindo um pouco das questões sócio-políticas e entrando no meio ambiente, a marca Mipinta, do belo-horizontino Fernando Miró, criticou a poluição dos oceanos devido ao consumo exagerado de plásticos através dos homens plásticos mergulhadores.

A Mipinta apresentou, em um desfile bastante colorido marcado pela forte presença de tons de azul e demais cores, looks esportivos com recortes ao estilo anos 80 em suas jaquetas corta-ventos, shorts esportivos curtos e na jaqueta cropped.

Tendências de moda masculina SPFW

Os tecidos mais usados foram os sintéticos, como o nylon e a lycra, e os naturais, como o algodão e o linho. Outros tecidos que merecerem ser citados são: o matelassê e os ecológicos, além das peças confeccionadas em plástico para compor a crítica.

4 – Cavalera

Cavalera na São Paulo Fashion Week 2019

Após alguns anos longe das passarelas, a Cavalera voltou com tudo num desfile que será lembrado pelo protesto do rapper Rico Dalasam e por sua incrível coleção streetwear muito bem composta.

A marca, fundada por Igor Cavalera e pelo ex-deputado estadual Turco Loco, veio questionando o sentimento que as pessoas têm de si mesmas, como se acham especiais mesmo sabendo que há mais de 7 bilhões de humanos no mundo.

Sem querer puxar o saco de ninguém, esta foi umas das coleções mais interessantes que eu vi na SPFW N47, pois focou nas tendências de moda atuais com o uso do verde fluorescente (neon), o color block e a estampa xadrez.

Moda masculina: jaqueta doudoune camuflada da Cavalera

Porém, o ponto forte do desfile ficou por conta do camuflado moderno em vermelho, branco e preto que a marca apresentou, assim como o quadriculado e a estampa de vaca (animal print). Com relação aos calçados, eu quero frisar a presença do tênis Slip On sem cadarço.

A Cavalera levou ainda para a passarela a calça jeans destroyed, a meia de cano alto e a corrente na calça que já foram temas aqui do blog. A transparência, o couro, as cores preto, vermelho e laranja, a alfaiataria e a jaqueta doudoune também puderam ser vistos durante a apresentação.

Abaixo, vocês vão poder conferir os vídeos das grifes citadas no texto, com exceção da Cavalera que está tendo seu vídeo censurado devido ao protesto do Rico Dalasam.

João Pimenta

Ronaldo Fraga

Mipinta

Para encerrar o artigo, vou citar mais brevemente outras grifes que passaram pela São Paulo Fashion Week nesta edição. A Piet, encabeçada pelo jovem estilista Pedro Andrade, levou um pouco de tudo para a passarela com peças esportivas e alfaiataria. Amir Slama apostou em famosos para mostrar sua moda praia. E a Handred se destacou com aplicações em búzios.


INDICAÇÃO DE LEITURA:

MODA MASCULINA: ESTAMPA MILITAR CAMUFLADA

TÊNIS ALL STAR: 3 BONS MOTIVOS PARA VOCÊ TER UM

CORRENTE NA CALÇA: A MODA DOS ANOS 90 QUE VOLTOU


Espero que vocês tenham gostado do post de hoje. Compartilhem nas redes sociais e contem aí nos comentários se curtiram as tendências de moda masculina da SPFW N47.

Sigam as redes sociais do blog clicando nos ícones da lateral direita do site. Um abraço a todos e até a próxima!