Diversos

Políticos brasileiros: as celebridades do momento

Não há dúvidas que o acirramento político dos últimos anos tem sido benéfico para um grupo em específico: os políticos brasileiros. Eles têm acumulado milhões de seguidores nas redes sociais e, por isso, estão fazendo delas seus palanques.

Só para efeito de comparação, a estrela global, amada por 130 milhões de brasileiros, aquela que nunca foi Helena nas novelas de Manoel Carlos, Susana Vieira, tem 3 milhões de seguidores contra os 13,8 do atual Presidente, Bolsonaro, no Instagram.

Outros políticos também estão surfando neste momento de celebridade e têm seus fiéis seguidores. O presidenciável Fernando Haddad tem 1,8 milhão e o sincerão Ciro Gomes conta com 791 mil curtidas no Facebook.

Ministro Sérgio Moro e sua conge
Políticos brasileiros: Ministro da Justiça e Segurança Sérgio Moro e sua “conge”. Milhares de seguidores e perfil verificado no Twitter em menos de uma semana

A importância deles é tamanha que, em apenas um dia, o atual Ministro da Justiça, Sérgio Moro, obteve milhares de seguidores e na mesma semana seu perfil no Twitter já estava verificado. Lá ele costuma compartilhar as notícias do atual governo, além de informar a data do dia através de selfies.

Mas uma coisa é certa: qualquer pessoa que queira ocupar um cargo eletivo vai ter que atuar de forma mais incisiva nas redes sociais, e as eleições de 2018 é uma prova disto.

Enquanto o presidente usou 2,8 milhões de reais e conseguiu 49 milhões de votos no primeiro turno, Henrique Meirelles, concorrente ao cargo de presidente com maior valor gasto na campanha (54 milhões de reais), só obteve “míseros” 1,2 milhão de votantes.

Cabo Daciolo e a Ursal
Daciolo conseguiu a mesma quantidade de votos que o Meirelles usando menos de 800 reais na campanha. Vídeos nas redes socias, bem como sua atuação nos debates, foram responsáveis pelo desempenho nas eleições de 2018

O fenômeno se torna mais interessante se observamos que o Cabo Daciolo conseguiu a mesma quantidade de votos do Meirelles gastando menos de 800 reais. Certeza que foram os vídeos no monte falando que os Illuminatis queriam matá-lo. A propósito, ele ainda está vivo mesmo após nos alertar sobre o plano nefasto da implantação da URSAL?

Então, fica a dica, se quiserem ser eleitos, vão ter que atuar mais na internet, fazer stories e lives. Tem até quem venda bijuterias de nióbio pelas social networks. Camila Coelho e Boca Rosa que se cuidem, vão perder os recebidos.

Políticos do Brasil
Bolsonaro tinha apenas 8 segundos de televisão contra os quase 5 minutos de Fernando Haddad do PT. Bolsonaro é um dos mais atuantes na internet. Podemos dizer que seus votos vieram disso. Dado: 36,7% se informam pela TV

Mais Instagram, Facebook e Twitter, menos televisão, afinal, a maioria da população do nosso país se informa pela internet atualmente, conforme constatou uma pesquisa realizada no ano de 2018 pelo Instituto Paraná, que detectou que 42,5% tem ela como principal fonte de informação. Esta é a verdade.

Para encerrar, gostaria de avisar que não sou especialista político, nem tampouco sou blogueiro que trata deste assunto. Meu foco é moda, estilo e outros assuntos do universo masculino. Só quis demonstrar, por meio deste texto, que atuar nas redes sociais atualmente traz muito resultado aos políticos brasileiros e com um custo baixíssimo, se comparado a televisão, é claro.

Deixem aí nos comentários seus elogios, palpites e xingamentos, pois o que interessa mesmo é o engagement e o adsense, não é mesmo. Sigam as redes sociais do blog e até a próxima!