Cuidados Faciais

Espinha interna: o que é e como tratá-la?

Olá, tudo bem com vocês? Eu sou Marco Macei, sejam muito bem-vindos ao meu blog. No post de cuidados faciais de hoje, nós vamos ver um pouco sobre o que é uma espinha interna, como ela se apresenta e quais são os tratamentos adequados.

A espinha interna é muito dolorida, deforma o rosto e, dependendo da forma como ela se apresenta, pode deixar a pele com cicatriz mesmo não sendo espremida, como aconteceu comigo. A seguir, vocês poderão conferir mais sobre este tipo de acne.

Como se caracteriza a espinha interna?

A acne nodular, popularmente conhecida como espinha interna, não tem comunicação com o exterior, ou seja, não tem aquele ponto amarelado com pus. Ela surge na camada intermediária da pele, a derme, diferentemente das outras que se localizam na superfície.

Acne interna ou acne nodular

Ela se apresenta por um inchaço na pele devido ao acúmulo de secreção sebácea causada pela ação bacteriana. Este tipo de acne é de grau 3, ou 4 se forem encontrados vários nódulos ou cistos próximos uns aos outros.

No meu caso, eu tive as espinhas de grau 2 (pápula-pustulosa), 3 e as de grau 4 que deixavam meu rosto bem deformado e dolorido. Havia dias em que eu nem queria sair de casa por causa do constrangimento.

Como tratar a espinha interna?

O tratamento para este tipo de acne é diferente do que ocorre com as espinhas mais comuns (superficiais). O problema não se resolve usando remédios de uso tópico, aqueles aplicados diretamente na pele, como os sabonetes e cremes à base de ácidos ou de outras substâncias.

Blog de moda masculina Mogi das Cruzes
Os medicamentos de uso tópico não são eficazes para as acnes internas. Neste caso, os orais são os mais indicados

Para realizar um tratamento, primeiro deve-se procurar um médico dermatologista, porque ele saberá qual será a melhor abordagem para cada caso. Geralmente, os remédios indicados são os orais, como os antibióticos e a Isotretinoína.

Eu já fiz uso de ambos os remédios descritos acima. O antibiótico até ajudou enquanto eu estava tomando e manteve o efeito por algumas poucas semanas, mas depois as espinhas voltaram como antes.

O melhor medicamento para o meu caso foi o famoso Roacutan (Isotretinoína), pois foi somente com ele que as espinhas sumiram de vez. Aliás, ele é o mais indicado para as acnes de grau elevado.

O que não posso fazer de jeito nenhum?

Cuidados faciais: acne interna

Nunca se deve espremer uma acne interna, pois ela pode romper e a secreção se espalhar causando uma inflamação ainda maior. Isto só vai deixar o quadro inflamatório pior.

A espinha interna deixa cicatrizes?

Esta é uma pergunta muito recorrente e de grande interesse por todos. A acne quando se apresenta em nódulos, ou cistos, tem maiores chances de deixar uma cicatriz, principalmente se for espremida.

Como eu citei anteriormente, eu tive a acne de grau 3 e 4 cuja inflamação era bem mais grave e, mesmo não apertando, o meu rosto ficou com cicatrizes, principalmente na testa.

Neste caso, quanto mais rápido vocês iniciarem um tratamento, menores são as chances de ocorrer uma lesão permanente na pele. Por isso, procurem logo ajuda médica.


INDICAÇÃO DE LEITURA:

TIPOS DE ACNE: CONHEÇA OS DIFERENTES GRAUS DA ACNE

A ÁGUA MICELAR DA L’ORÉAL É REALMENTE BOA?

COMO ELIMINAR AS MANCHAS DE ACNE DO ROSTO


Espero que vocês tenham gostado do post de hoje. Compartilhem nas redes sociais e contem aí nos comentários se vocês tratam da acne nodular e como está sendo a experiência.

Sigam as redes sociais do blog clicando nos ícones do lado direito do site. Um abraço a todos e até a próxima!