Como restaurar peças antigas de roupas?

O ato de restaurar peças antigas ou reutilizar itens de seu armário está indo no caminho das tendências de moda da atualidade. Cada vez mais, o fast fashion tem perdido espaço para a criatividade e inovação das peças personalizadas.

A prática de customizar itens do guarda-roupas não é nova, entretanto. Desde a década de 60, com o movimento hippie em alta, a prática foi instaurada, e continua a ganhar um excelente espaço no mercado, servindo até como uniforme para uma consultoria ambiental, por exemplo.

Muitas pessoas tomaram a customização como parte de suas atividades, tornando as peças itens artesanais de valor, além de trabalhar com questões de atitude e de personalidade para essas peças.

A customização também é um processo sustentável. Isso porque, em sua essência, ela nada mais é do que uma reciclagem de peças de roupa, que muitas vezes acabam ficando esquecidas no armário ou sendo descartadas.

Clique e saiba mais +

A importância da customização de roupas

A customização acaba dando uma nova utilidade para a peça, trabalhando com inovação e criatividade para que você consiga aproveitar por mais tempo o item em questão, usando-o até mesmo no trabalho com conserto de máquinas industriais, ou consiga vendê-lo.

A restauração pode ser feita de qualquer meio, com itens diversos, dependendo exclusivamente de sua criatividade. Ainda que alguns elementos acabem entrando na moda, a verdade é que esse tipo de modelo acaba passando por cima disso.

Para aqueles que se antenaram nas tendências de moda, uma das mais recentes usando a restauração de peças antigas foi o tie dye, cuja tradução seria “amarrar e tingir”. Esse modelo acabou criando peças coloridas e divertidas, que se tornaram comuns no dia a dia.

Além disso, a técnica conhecida como upcycling também tem ganhado cada vez mais destaque no mercado. Trata-se de reciclar um produto ou vários produtos antigos para criar um novo. Nesse modelo, a durabilidade dos itens acaba se ampliando consideravelmente.

Depois de um longo período de consumismo no mundo da moda, as pessoas estão buscando formas mais inteligentes e conscientes de consumo, evitando excessos e desperdícios e tentando aproveitar melhor todas as possibilidades.

A restauração de peças antigas é um processo muito importante para você conseguir aproveitar melhor suas possibilidades dentro da moda, principalmente na utilização de peças que você já possui, eliminando a necessidade de comprar novas roupas.

Esse processo de customização tem até mesmo aquecido os mercados de brechós e lojas de roupas usadas em geral, uma vez que as pessoas aproveitam as peças para criar novos e interessantes looks.

A customização é uma maneira de renovar seu guarda-roupa sem realmente gastar muito com novas peças, ajudando tanto o meio ambiente quanto seu bolso, enquanto cria peças muito estilosas para aproveitar.

Muitas mulheres que trabalham com calibração de balanças, por exemplo, possuem um imenso leque de opções para customização e restauração. Isso acontece porque as pessoas têm uma tendência a comprar por impulso, o que acaba enchendo os armários.

Inclusive, em alguns casos, roupas que você usou apenas uma vez ou que ainda nem usou podem estar a um bom tempo no guarda-roupa, esperando uma oportunidade de ser utilizada. 

Nesse aspecto, a restauração ajuda a prolongar a vida destes itens e permite que você aproveite melhor seus looks.

Quais peças podem ser restauradas?

Com a customização e restauração, não existe um manual específico. Questões de customização podem variar e apenas sua imaginação é um limitador para esse tipo de mudança.

Por isso, é interessante pensar primeiro em questão de estilo e que tipo de visual você quer ter no guarda-roupa. Isso identifica o que você fará com a peça, seja uma que você usou trabalhando em um projeto de cabine primaria, ou qualquer outra. Por exemplo:

  • Cortar;
  • Rasgar;
  • Mudar de cor;
  • Adicionar adereços.

Existem diversas opções para ressignificar uma peça de roupas e conseguir o impacto desejado para esse tipo de ação, dependendo muito de suas habilidades manuais e da atenção que você dará a cada uma das peças.

Mantendo essa linha de pensamento, é interessante que você tenha itens para a customização, como pedrinhas, laços e outros elementos que podem ser adicionados a sua restauração, bem como ajudem a criar um visual diferente e único para uma roupa antiga.

Para quem deseja se inspirar, a internet tem uma infinidade de modelos diferentes que podem ser facilmente encontrados, dando muitas novas ideias para sua customização e que tragam as peças para um estilo mais condizente com seu momento atual.

Quando você pensar que está sem peças novas no guarda-roupa, e quiser mudar um pouco o visual, o melhor caminho é o da customização com, por exemplo, borrachas de vedação, que permite uma variedade muito maior em seus visuais, sem o consumo acelerado.

Originalidade nas roupas: veja como conseguir

Um dos principais pontos para a customização de roupas é seu potencial de originalidade. Diferentemente do fast fashion, onde as peças são iguais e servem as massas, a roupa restaurada e customizada acaba se tornando única.

O talento de uma pessoa que gosta de moda e estilo pode brilhar com esse tipo de resultado, muito melhor do que com roupas padronizadas para um determinado estilo ou temporada.

Por isso, pessoas criativas acabam aproveitando muito mais a customização para criar uniformes diferenciados em uma empresa de cabeamento estruturado industrial, ou de qualquer outro ramo de atuação.

Se você gosta de ousar nas roupas, criar peças únicas e mostrar seu talento e personalidade em um modo de se vestir, esse é o melhor caminho para conseguir trabalhar sem gastar muito e com equipamentos limitados para a produção.

Algumas pessoas estão encontrando na customização até mesmo uma fonte de renda. Isso porque depois de customizadas, as peças podem ser vendidas como itens artesanais, em um mercado que está cada vez mais procurando inovação.

Como fazer uma restauração?

Agora que você compreende melhor suas possibilidades de restauração e de customização de roupas, é importante entender os passos para conseguir fazer esse tipo de atividade. Esse processo pode ser muito divertido para quem gosta de trabalho artesanal.

Além disso, é preciso pensar que cada pessoa tem seu próprio estilo, e por isso é importante que você busque itens que refletem quem você é verdadeiramente, sem se prender a paradigmas ou estéticas específicas.

Ousar no momento da criação é a melhor maneira de se destacar e produzir peças realmente interessantes, que poderão dar uma nova visão para esse tipo de material, claro, não se esqueça de fazer a limpeza industrial pesada na peça primeiro.

O primeiro passo é nunca julgar a peça pela aparência. Mesmo que uma roupa pareça velha ou esteja desgastada, é preciso pensar no resultado final do que você quer emular, e não em questão de como ela está no momento.

Além disso, a restauração muitas vezes pode seguir o padrão original da peça, com um tingimento para recuperar a cor original ou mesmo a reposição de peças. É importante começar pequeno, entendendo suas possibilidades.

As customizações simples podem gerar resultados impressionantes, e ainda assim manter o conceito em ordem para esse tipo de mudança. Colocar patches ou fazer cortes menores pode ser muito interessante para você ter um novo visual.

Se você tem uma inspiração criativa, não se segure. Deixe esse resultado fluir e aproveite para tentar. Se você está trabalhando com peças que já não estava usando normalmente, não há porque ter medo de perder a roupa.

Com esse tipo de atitude, você se permite trabalhar de forma criativa e montar peças muito diferentes para trabalhar com, por exemplo, coletor de pó industrial, atraindo a atenção das pessoas quando estiver com o visual montado e se tornando uma referência em estilo.

A maioria dos criadores de tendência ganha esse título justamente por ousar e sair do básico quando estão procurando novos looks para seu dia a dia.

Se você não souber por onde começar, a internet pode ser uma poderosa aliada. Nela, é possível encontrar os mais variados tutoriais de customização, e você pode aos poucos aprender novas técnicas.

Com o conteúdo digital, principalmente o audiovisual, você consegue entender o objetivo do tutorial, e visualizar um produto pronto para entender o que você pode adaptar para sua realidade, aproveitando as peças que possui em casa.

Assim, você não precisa de nenhum tipo de gasto adicional nas primeiras peças, deixando para comprar acessórios e detalhes depois que estiver com a roupa mais ou menos da forma que você gostaria de utilizar.

Considerações finais

Nossas roupas possuem um período de “validade”, que muitas vezes acaba forçando a um consumo elevado por novas peças. Por isso, trabalhar com a restauração e customização de peças é uma forma consciente e inteligente de usar seu guarda-roupas.

Mesmo uniformes de trabalho e peças promocionais podem ser ressignificadas, tornando-se muito mais úteis para sua composição de looks e permitindo que você explore com mais diversidade seu estilo de se vestir.

A individualidade é um tema muito importante para a moda, e quanto mais você customiza, mais está mostrando a si mesmo para o mundo com suas roupas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Marco da Moda

A data oficial de fundação deste blog é dia 28 de fevereiro de 2018.Este sou eu, Marco Macei, fundador deste blog tentando sensualizar, mas não deu muito certo hehe.Espero compartilhar com vocês dicas de produtos que eu uso para cuidar da pele e do cabelo, e também dicas de moda e estilo masculino, como tatuagens, por exemplo e tudo mais do fantástico e fascinante mundo da moda

Exclusivamente para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × 1 =

Go up